fevereiro 10, 2012

ANDAR COM FÉ EU VOU...

 BOTE FÉ, NATAL
Praia do Forte, Natal/RN, Sede do Mega Evento Cristão
30 Mil Pessoas Deverão Participar do "Bote Fé Natal"
fotografia: Canindé Soares

  O POP DO SENHOR

Por
Tádzio França 

A música religiosa é o novo pop - pelo menos no Brasil. As canções que louvam a religião cristã saíram dos templos e aos poucos foram ganhando as rádios, paradas de sucesso, programas de televisão, e as listas de discos mais vendidos do País - com direito a inclusão da Lei de Incentivo à Cultura Rouanet. Um verdadeiro fenômeno que atrai multidões. A mesma multidão que está sendo esperada para o "Bote Fé", um evento católico preparatório para a visita do Papa Bento XVI (em julho de 2013 no Rio de Janeiro) e que corre o Brasil em uma espécie de peregrinação, parte da Jornada Mundial da Juventude (JMJ). A organização espera um público estimado em 30 mil pessoas, vindas de 11 estados do País. 

 O pioneiro Padre Zezinho

Serão três dias de programação no Rio Grande do Norte, cujo dia mais aguardado é hoje: nesta sexta-feira, a partir das 17h, será gravado um DVD com cenas do mega-show apresentado na chamada 'Arena Bote Fé', especialmente montada na Praia do Forte, ao lado da Ponte Newton Navarro, no terreno do antigo Círculo Militar (Clube do Exército).

    Padre Reginaldo Manzotti

Passarão pelo palco 31 atrações, entre padres e bandas que professam a fé católica através da música. Alguns são verdadeiras estrelas do gênero, como os padres Marcelo Rossi, Fábio de Melo, Antônio Maria e Reginaldo Manzotti, o pioneiro Padre Zezinho,  e a Irmã Kelly Patrícia.

As bandas e cantores que fazem rock e pop com mensagens cristãs também estarão presentes, como Rosa de Saron, Dominus, Cantores de Deus, Jake (que fez sucesso com o axé "Pó parar com Pó"), entre outros. Um verdadeiro "all stars" da música gospel cristã nacional.  

Padre Fábio de Melo

Para congregar essa maratona de música e mensagem, foi convocado Guto Graça Mello, um dos mais experientes produtores musicais do Brasil. O currículo do homem fala por si: ele compõe para para cinema e televisão desde os anos 70. A abertura do "Fantástico" de 1973 é dele. Para a televisão já compôs as trilhas de "Pecado capital", "Pai herói", "Coração alado", "Pirlimpimpim", "Coração alado", entre outros. Para o cinema, assinou "Beijo no asfalto", "Menino do Rio", "Cazuza", "Se eu fosse você", "Irma Vap", "Caixa Dois", etc.

Graça Mello já produziu mais de 350 discos ao longo de sua carreira, tendo trabalhado com artistas como Roberto Carlos, Maria Bethania, Milton Nascimento, Rita Lee, Elis Regina, João Gilberto, Gil, Gal, Caetano Veloso, entre outros. Durante 17 anos ele foi diretor musical da Rede Globo e da gravadora Som Livre. O produtor musical está em Natal desde o começo da semana e ontem à tarde participou do ensaio.

O "Bote Fé" tem apoio da gravadora Sony Music, em parceria com a Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), e a Arquidiocese de Natal.

 Padre Marcelo Rossi

NOS PALCOS DA FÉ

Vários nomes do Arena Bote Fé têm fama nacional, apreciados por gente de religiõeAs diversas. Padre Marcelo Rossi foi o primeiro 'popstar' da nova leva cristã, emplacando músicas como "Noites traiçoeiras", "Eu navegarei", "Cura-me", entre outros. Tem programa de rádio, promove missas para milhares de pessoas, e é sucesso literário com o livro "Agape". Em seu rastro surgiu Padre Fábio de Melo, sem batina e destacando a figura de cantor. Seus hits são "Tudo posso", "Viver pra mim é Cristo" e "Não desista do amor". O mais novo da leva, padre Reginaldo Manzotti, segue o mesmo caminho, já emplacado músicas como "A tempestade vai passar" e "Deus está aqui neste momento".

Rosa de Saron
 
DO METAL AO SOUL

Outras linguagens musicais cabem na nova música cristã. Caso do Rosa de Saron, que faz sucesso com seu "white metal" católico. O grupo lança discos desde 1994, e conta com hits como "Sem você", "Menos de um segundo", "Lembranças", e "Apenas uma canção de amor". Grupos como Dominus e Anjos de Resgate já foram classificados como o "Jota Quest da música católica". A Dominus, por exemplo, toca de rock a forró, e incorpora dançarinos ao show. Já os Anjos fazem pop/rock com uma pegada country. Mas a "palavra" está sempre lá, em primeiro plano.

 Irmã Kelly Patrícia

ARTISTAS DO GRAMMY

Provando que o "paraíso" sonoro é aberto a todos, as mulheres também marcam presença no louvor do palco. A Irmã Kelly Patrícia, de Fortaleza, é um dos nomes de destaque. Ela já tem 11 CDs lançados, e vai tocar na Arena a música "Tentação", de seu último CD, "Busca de Deus". O disco tem forte influência de rock, com guitarras e batidas fortes.

Em outro segmento totalmente diferente, a cantora Jake aposta na festiva axé músic para passar sua mensagem. A moça fez grande sucesso na internet, há três anos, com a música "Pó pará com o pó". Chegou a cantar com Ivete Sangalo no Carnatal. Todos louvam e dançam.

Outro detalhe: três das atrações do Bote Fé Natal já concorreram ao Grammy. Rosa de Saron, Ministério Adoração e Vida, e o pioneiro Padre Zezinho. Os três concorreram, ano passado, ao principal prêmio da música internacional na categoria "Melhor Álbum de Música Cristã". 

 A capital potiguar sediará a gravação de um DVD
com os principais cantores e Bandas Católicas do Brasil
fotografia: Canindé Soares

ARTISTAS POTIGUARES

Segundo informações do blog do fotógrafo Canindé soares, além das atrações nacionais, como Padre Marcelo Rossi, Padre Fabio de Melo e Padre Zezinho, artistas potiguares, que até então não se  sabia que iriam participar, também estarão no mega evento. A presença de cantores de Natal na gravação do DVD passa a ser  uma honra para a  Cidade que sedia o evento, pois percebe-se a  valorização da prata da  casa. Embora não tenha tido o repasse oficial, por parte da organização, sobre a participação dos potiguares, listamos os nomes cotados para o evento. São eles: Padre Nunes, Padre Humberto, Sandro Menezes, Emanuel, Adriana, Angélica e Aline.

 Jornada Mundial da Juventude
um encontro nascido em 1985, criado pelo Papa João Paulo II

FESTIVAL QUER ATRAIR JOVENS

O Bote Fé um evento ligado à   Jornada Mundial da Juventude, um encontro nascido em 1985, criado pelo Papa João Paulo II. As JMJs acontecem a cada dois ou três anos, numa cidade escolhida para sediar a jornada. Em Natal, além do show de sexta-feira, as celebrações se estenderão até sábado e domingo com uma série de paradas, missas, romarias e celebrações em bairros de Natal e outros municípios, como São Gonçalo do Amarante, Santa Cruz e Caicó.

A jornada católica também está ligada à celebração de dois símbolos: uma grande cruz de madeira entrega pelo Papa João Paulo aos jovens, em 1984, que deveria ser carregada pelo mundo. Em 2003, foi acrescida o Ícone de Nossa Senhora, uma cópia contemporânea de um antigo e sagrado ícone encontrado na primeira basílica para Maria Mãe de Deus, no ocidente. A cruz e o ícone chegaram ao Brasil em setembro de 2011, e virão para Natal nesta sexta-feira, já sendo apresentados na Arena Bote Fé, na Praia do Forte. Depois eles percorrerão todo o País, até o momento do encontro com o Papa Bento XVI, no Rio de Janeiro, em 2013.

"Será a primeira vez que as maiores expressões católicas da música se reunirão em um mesmo palco", destacou o Padre Sávio, assessor nacional para a juventude da CNBB, e coordenador geral do projeto Bote Fé. "Todos os custos do evento serão arcados pelos nossos patrocinadores", ressaltou. 


...fonte...
Tádzio França 

Um comentário:

  1. deveria este evento seguir td brasil para verem a força da nossa fé

    ResponderExcluir

Fiz uma visita e gostei!! Passa lá você também!!!